Featured Posts
Recent Posts

Brunch ou coffee break: saiba a diferença e como preparar


Uma empresa de marketing decide fazer um evento com palestras e treinamentos para empresários com o objetivo de mostrar seus serviços e conseguir prospectar alguns novos clientes. A programação ocupará um dia inteiro. O evento começa às 9 h, para às 12 h para almoço. Retornando às 13h e termina às 18h. O cerimonial sugeriu a contratação de um serviço de brunch e de coffee break. E aí começam as dúvidas: o que é cada um? Em que se diferenciam? Quais são as indicações? Qual o horário indicado para servi-los? Vamos, então, resolver essa questão. Hora de conhecer o que é brunch e coffee break.

O que é brunch?

Essa é uma refeição que é um intermediário entre café da manhã e almoço. Seu cardápio conta com opções mais diversificadas e os alimentos são um pouco mais consistentes, com um maior número de opções salgadas e doces mais elaborados. É mais indicado para eventos comemorativos.

Como preparar?

Os pratos salgados podem ser compostos de mini sanduíches, crepes, panquecas, omeletes, ovos, queijos e tortas.

Já a seção de alimentos doces pode conter bolos com recheio e cobertura, tortas recheadas, pães doces com creme e recheio, além de docinhos individuais.

As frutas não podem ficar de fora, mas escolha somente duas opções da época.

Café, leite, refrigerantes, sucos naturais, leite, achocolatado, iogurtes e vitaminas podem ser as opções de bebidas.

Quando preparar?

Essa modalidade é ideal para eventos que comecem a partir das 10 h da manhã, pois como é mais reforçado, o brunch pode substituir o almoço.

O que é coffee break?

O coffee break é aquela famosa parada para o cafezinho ou lanche leve, que serve para as pessoas esticarem o corpo, descansar e distrair um pouco para voltar às atividades com a disposição renovada. Além disso, é o momento propício para a interação entre os convidados do evento. Muitas parcerias, amizades e negócios já começaram em algum coffee break.

Como preparar?

Seu cardápio deve ser mais leve e saudável, composto, principalmente, por pequenos petiscos e menos variedade que o brunch.

O cardápio salgado poderá contar com uma variedade de pães, torradas, queijos, manteiga, requeijão e alguns tipos de frios como chester, peito de peru e presunto.

Já no cardápio doce, dê preferência aos bolos caseiros ou de frutas, roscas fatiadas, biscoitos variados e geleias.

A variedade de frutas deve ser maior. Elas podem ser disponibilizadas em pedaços individuais, ou também servidas como salada.

Já as bebidas devem priorizar o café, leite, achocolatado, chá, sucos naturais de frutas e iogurtes leves.

A ideia aqui é possibilitar que a pessoa possa fazer um lanche rápido e voltar para as atividades. Não é bom exagerar, pois esse lanche não deve substituir alguma refeição.

Quando preparar?

O ideal é que o coffee break aconteça antes das 10 h da manhã, para que ele não atrapalhe o almoço do convidado. Em eventos longos, como o da empresa de marketing, ele pode ocorrer também à tarde, por volta das 15 h. Pense em quebrar o tempo ao meio, assim, a pessoa pode se manter mais disposta por não ficar longos períodos nas atividades.

Tenha sempre em mente que o cardápio deve ser planejado de acordo com o público do evento. Considere sempre a idade, o nível de refinamento, a naturalidade e a nacionalidade dos convidados ao montar a mesa.

Conseguiu aprender as diferenças entre coffee break e brunch? Então, se fosse você quem estivesse organizando o evento da empresa de marketing, usaria qual dos dois tipos de lanche?



http://blog.naturiche.com.br/brunch-ou-coffee-break-saiba-a-diferenca-e-como-preparar/